Ministério Público não pediu levantamento de imunidade de Miguel Macedo

Suspeito do crime de prevaricação, o ex-ministro é referido em várias ocasiões na investigação dos vistos gold. Não foi constituído arguido.

"Não se confirma ter sido pedido o levantamento da imunidade parlamentar", responde a Procuradoria-Geral da República (PGR) à pergunta do DN sobre se o Ministério Público (MP) tinha tido essa iniciativa, em relação ao ex-ministro da Administração Interna e deputado Miguel Macedo.

Hoje o Correio da Manhã dizia que a PJ queria constituir arguido Macedo, no âmbito da investigação aos vistos gold, e que o pedido de levantamento de imunidade já tinha sido feito ao parlamento.

Contactada pelo DN, a Comissão de Ética, onde são analisados estes processos, também desmentiu a entrada dessa solicitação.

Miguel Macedo reiterou hoje a sua disponibilidade para prestar esclarecimentos ao MP. O ex-ministro demitiu-se no cargo depois de o seu nome ter sido envolvido nesta investigação.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG