Miguel Macedo regressa ao Parlamento

Miguel Macedo vai regressar ao Parlamento, apurou o DN. O ex-ministro da Administração Interna regressa assim à casa onde foi deputado de 1997 até 2011.

Macedo demitiu-se no domingo da tutela da Administração Interna na sequência do processo dos vistos dourados, depois de ter considerado que a sua ação política ficou "diminuída". Nesta operação foram detidos e constituídos arguidos figuras que lhe são próximas, entre as quais António Figueiredo, do Instituto de Registos e Notariado (IRN) e Albertina Gonçalves, secretária-geral do Ministério do Ambiente e sua sócia no escritório de advocacia.

O ex-governante foi eleito deputado em sete legislaturas consecutivas. Após a eleição de Pedro Passos Coelho para a liderança do PSD, em 2010, Miguel Macedo passou a liderar a bancada social-democrata. Em 2011, na sequência da vitória do PSD nas legislativas, é nomeado ministro da Administração Interna.

Já antes tinha desempenhado cargos governativos, nomeadamente como secretário de Estado da Juventude do primeiro governo de maioria absoluta de Cavaco Silva. Entre 2002 e 2005, integrou também os governos de coligação PSD/CDS de Durão Barroso e Santana Lopes como secretário de Estado da Justiça.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG