"Merkel podia trazer os documentos sobre os submarinos"

A eurodeputada do Bloco de Esquerda inronizou com a visita da chanceler alemã a Portugal, afirmando que Merkel podia trazer consigo os documentos sobre o caso dos submarinos.

Marisa Matias ironizou com a visita de Angela Merkel a Portugal, onde tem "um governo de marionetas", dizendo que até pode ter um aspecto positivo: pode ser que a chanceler alemã (que Marisa e outros eurodeputados receberam com cartazes contra a austeridade na sua deslocação ao Parlamento Europeu), quando reunir, amanhã, com Passos Coelho e Paulo Portas no forte de S. Julião da Barra, talvez lhes entregue, "finalmente, os documentos desaparecidos sobre o caso dos submarinos", um processo de corrupção já julgado na Alemanha, mas que ainda não foi a tribunal em Portugal.

Comentando as notícias sobre a anunciada redução da frota automóvel do Estado, que Marisa Matias considera apenas uma estratégia de propaganda para distrair as atenções, voltou a provocar aplausos no pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa, onde encerra hoje a VIII Convenção do BE, afirmando que os governantes já não precisam de tantos carros, pois eles "têm medo" e "já não podem sair à rua".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG