Mérito vai ser "premiado" como fator de progressão na carreira militar

O novo Estatuto dos Militares das Forças Armadas (EMFAR) vai "premiar o mérito" como fator de progressão na carreira, disse o ministro da Defesa, em Lisboa.

José Pedro Aguiar-Branco, que intervinha na sessão solene de abertura do novo ano letivo no Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), adiantou que a revisão do EMFAR mantém os cinco anos de permanência os militares na situação de reserva.

Aguiar-Branco referiu que o novo EMFAR "permitirá garantir carreiras mais aliciantes" e ter "militares mais motivados e preparados", pelo que "será possível obter um melhor e maior produto operacional" das Forças Armadas.

O governante sublinhou ainda, sem pormenorizar, que o novo EMFAR consagra um período transitório de dois anos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG