Menezes assume pessoalmente derrota no Porto

"É uma derrota minha. Não é nem do presidente do PSD, nem do primeiro-ministro nem do Governo. É uma derrota minha, pessoal."

Foi este o primeiro comentário de Luís Filipe Menezes à sua derrota na candidatura ao Porto - câmara que deverá ser conquistada pelo independente Rui Moreira, segundo as projeções iniciais.

Menezes, que disse não saber se assumirá ou não o mandato de vereador, apelou a "todos os portugueses" para que agora se unam em torno do presidente eleito da câmara.

Assumindo ter ficado "surpreendido" com o resultado, explicou a derrota dizendo que o que propôs "não chegou aos eleitores".

Também comentou outras derrotas do PSD - por exemplo em Gaia e em Sintra - dizendo que representam uma "punição" aos que dirigiram o processo eleitoral no PSD, por não terem impedido divisões e o surgimento de candidaturas independentes na área do partido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG