Melhor programa cautelar seria acordo interpartidário

O Presidente da República afirmou hoje que o melhor programa cautelar que Portugal poderia ter seria "um acordo interpartidário entre as diferentes forças políticas".

"A minha posição é muito conhecida, só lhe digo que o melhor programa cautelar que nós poderíamos ter em Portugal é um acordo interpartidário entre as diferentes forças políticas", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, em declarações aos jornalistas no final de uma visita à Companhia das Lezírias, no Porto Alto.

Cavaco Silva respondia, assim, ao facto do secretário-geral do PS, António José Seguro, ter admitido que entre o seu partido e o Governo existem "divergências insanáveis".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG