Marcelo quer remodelação do Governo

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu hoje que as primárias no PS e a vitória de António Costa devem ser olhadas por Passos Coelho de "uma forma muito séria", devendo no imediato o primeiro-ministro no imediato remodelar o Governo.

O ex-líder do PSD, que falava na TVI, especificou três ministros que no seu entender deveriam ser imediatamente substituídos: Miguel Poiares Maduro (ministro adjunto), Paula Teixeira da Cruz (ministra da Justiça) e Nuno Crato (Educação).

Segundo afirmou, Passos Coelho terá agora à frente "um adversário terrível".

Marcelo disse também que agora, para Costa, acabou a fase da "mitificação".

"Acabou-se a papa doce para António Costa", afirmou, dizendo que o virtual novo líder do PS terá de falar sobre questões que não falou durante toda a campanha.

Em relação a António José Seguro, afirmou que a tendência para uma vitória de António Costa tornou-se real principalmente quando Seguro saiu derrotado no último debate das primárias, na RTP1, e no debate quinzenal. Para o comentador, " seria do interesse dele se não insistisse no caso Tecnoforma no Parlamento mas era algo praticamente impossível".

Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda a grande afluência às urnas por parte dos apoiantes e militantes do PS, e que o PSD terá de responder à " capacidade de mobilização demonstrada pelos socialistas".

Exclusivos