Marcelo contra a moda do "tiro a Cavaco"

Conselheiro de Estado reconheceu que "o próprio Presidente tem de ter cuidado com as suas intervenções", mas apelou ao "bom senso" nas críticas ao Chefe de Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa disse ontem que "é uma má moda a do 'tiro ao Cavaco'", que agora faz as delícias do que "resta das tias de Cascais", sublinhou ironicamente.

Para o comentador da TVI, neste "jogo" acaba-se "por estar a atingir não Cavaco Silva, mas o Presidente da República, o Estado português, a sua credibilidade".

O conselheiro de Estado reconheceu na sua análise que "o próprio Presidente tem de ter cuidado com as sua intervenções", mas apelou ao "bom senso dos atores políticos" nesse jogo.

Este bom senso foi reconhecido por Marcelo a Passos Coelho, na comparação com Cavaco, nos protestos que enfrentaram - o primeiro-ministro este domingo em Gouveia, o Presidente na quinta-feira numa escola em Lisboa, que evitou, cancelando a visita.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG