Maioria discute redução das indemnizações

Os grupos parlamentares do PSD e do CDS-PP reúnem-se hoje com a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, com a CGTP e com a Confederação dos Agricultores de Portugal para discutir a redução das indemnizações por despedimento.

A maioria parlamentar PSD/CDS recebeu na terça-feira a UGT e vai receber ao longo da semana os restantes parceiros sociais para ouvir a sua opinião sobre a proposta de lei do Governo que reduz as compensações por cessação do contrato de trabalho.

Depois dos encontros de hoje com a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), com a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) e com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), os parlamentares do PSD e do CDS-PP reúnem-se na quinta-feira com a Confederação Empresarial de Portugal (CIP) e na sexta-feira com a Confederação do Turismo Português (CTP).

O Governo entregou na semana passada no Parlamento uma proposta de lei que prevê a redução das compensações por despedimento dos atuais 20 dias para 12 dias de remuneração por cada ano de antiguidade.

A redução das indemnizações por despedimentos está prevista no Memorando de Entendimento com a 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) e no acordo de Concertação Social assinado em janeiro de 2012 por todos os parceiros sociais, exceto a CGTP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG