Liderança de Seguro sairá "reforçada" se PS for a diretas

O presidente da câmara de Vila do Conde, Mário Almeida, afirmou hoje que o líder socialista António José Seguro "sairá naturalmente reforçado" se o partido for a diretas.

"Estou crente de que António José Seguro sairá naturalmente reforçado da decisão que vier a ser tomada. Se for num novo congresso e numas novas diretas, sairá novamente reforçado porque o merece", afirmou à Lusa o também presidente da mesa do congresso da Associação Nacional de Municípios.

Sem querer indicar nomes, Mário Almeida criticou as "pessoas que não estão neste momento a contribuir para a coesão do partido", embora "poucos", são "mais do que aqueles do que seria desejável".

Perante as questões internas que têm dividido o PS sobre a possível antecipação do congresso, Mário Almeida considera que "se é preciso clarificar as coisas", tal deve ser feito "com rapidez" para que o líder socialista, António José Seguro, "veja reforçada" a sua legitimidade para "continuar com esta política".

Para o autarca, os socialistas devem "gastar todas as nossas energias com aqueles que estão a protagonizar este tipo de políticas, esta austeridade cega que afeta a generalidade dos portugueses".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG