Líder do PSD Açores critica Governo de Passos Coelho

O presidente do PSD/Açores, Duarte Freitas, lamentou que o Governo da República, liderado por Pedro Passos Coelho, demonstre "pouca compreensão" para com as necessidades dos portugueses quando "estes têm dado prova de que compreendem os sacrifícios que têm sido impostos pelo Governo".

Duarte Freitas aconselhou ontem à noite o Executivo nacional a demonstrar que compreende a situação em que os portugueses se encontram.

"No caso do pagamento do subsídio de férias parece não ter existido essa compreensão", sublinhou o lider do PSD açoriano.

Para Duarte Freitas "as dificuldades económicas e financeiras que o país atravessa em grande parte são herdadas da governação de José Sócrates, mas a culpa socialista não pode servir para que se recuse uma medida benéfica para a nossa economia".

Ou seja, Passos Coelho "tem de perceber" que "não poderá governar contra as pessoas e muito menos governar com critérios que as pessoas não percebem", sublinhou.

É o caso dos subsídios de férias. "Depois de ter sido dito que haveria disponibilidade para pagar os subsídios em junho não se compreende que esse pagamento tenha sido adiado para novembro", acrescentou.

Neste sentido, realçou Duarte Freitas, "na região (dos Açores) foi dado um bom exemplo. Nas autarquias que são responsabilidade do PSD/Açores todos os subsídios de férias estão em processamento", lamentando que "o Governo Regional tenha hesitado, porque poderia ter procedido ao pagamento dos subsídios de férias também neste mês de junho. Só não o fez porque não quis", referiu.

O Governo dos Açores já confirmou que irá pagar os subsídios de férias não em junho mas em julho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG