José Lello: Cavaco "que se trate"

O deputado socialista José Lello disse hoje que as acusações de falta de lealdade institucional do Presidente da República ao ex-primeiro-ministro são "mais um episódio" de um Chefe de Estado "instável" que, "se não estiver bem que se trate".

"É mais um episódio de um Presidente errático, que está longe de demonstrar fiabilidade para a função. Percebo em parte as suas angústias existenciais, quando ele apresenta esta atoarda no momento em que na Assembleia surge a inusitada circunstância de 40 mil cidadãos subscreverem uma petição exigindo a sua demissão", afirmou José Lello à Lusa.

"Penso que o Presidente está instável, não está bem, mas se não estiver bem, que se trate", disse.

Lello devolve a

"A falta de lealdade institucional começou logo com o Presidente no mandato antecedente. Toda a gente se recorda a vergonha que foi os membros mais diretos da sua própria confiança o que tentaram fazer em relação ao PS, levantando atoardas relativamente a espionagem", disse.

José Lello sublinhou que "a lealdade institucional tem que ter um duplo sentido".

No prefácio do livro "Roteiros VI", que reúne as suas principais intervenções públicas,

No texto,

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG