João Soares desmente Marcelo Rebelo de Sousa

Numa nota no Facebook, João Soares desmentiu que o seu pai, Mário Soares, internado desde dia 12, tenha falado ao telefone com Marcelo Rebelo de Sousa, como o comentador disse que aconteceu.

"Quero deixar aqui claro que, até hoje e depois de ter começado a recuperar da doença que o atingiu, meu pai, para alem dos familiares mais próximos que sempre o acompanharam e acompanham e dos médicos e técnicos de saúde que o assistiram (e bem, honra seja ao seu excelente profissionalismo), só falou, telefonicamente, com duas pessoas: o secretario-geral do PS, António José Seguro, e o prof. António Damásio, seu amigo a viver na Califórnia...", escreveu o filho do ex-Presidente da República.

No domingo à noite, no seu habitual comentário político na TVI, Marcelo disse que, estando junto ao seu amigo de infância Eduardo Barroso quando este falava com o ex-Presidente da República (seu tio), a certa altura lhe passou o telefone. "Que eu ouvi a voz dele [de Soares], ouvi. E que era a voz dele, era. Não era ninguém a imitar", disse Marcelo, que contou também que Mário Soares fez votos para que os dois encontrassem "em breve".

João Soares escreveu ainda, sobre a saúde do seu pai, que "o pior passou", estando agora "a caminho de uma recuperação completa".

Mário Soares foi internado foi internado dia 12 numa unidade hospitalar privada de Lisboa, o Hospital da Luz, alegadamente devido a uma "indisposição" resultante de uma gripe mal curada. O Expresso noticiou sábado que terá sido vítima de uma encefalite (infeção no cérebro). O fundador do PS deverá ter alta esta semana.

Exclusivos