Jerónimo diz que questão da sua sucessão "não está colocada"

Conclusões da reunião do Comité Central do Partido Comunista Português serão conhecidas na quarta-feira de manhã.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, assinalou esta terça-feira que a questão da sua sucessão "não está colocada", no mesmo dia em que decorreu uma reunião do Comité Central do partido e no rescaldo do pior resultado em eleições legislativas.

"Quero dizer com franqueza que já encontrei dez formas diferentes de dizer a mesma coisa. Em termos de síntese das sínteses: a questão não está colocada", respondeu Jerónimo de Sousa, depois de questionado sobre a sua sucessão no partido, no final de uma audiência com o Presidente da República, em Lisboa.

O PCP anunciou na segunda-feira uma reunião do Comité Central para esta terça-feira, cujas conclusões serão conhecidas na quarta-feira, às 11:00.

Esta reunião tinha dois tópicos principais: a análise do resultado das legislativas e a situação sociopolítica do país nos próximos quatro anos.

No domingo, a Coligação Democrática Unitária (CDU), composta pelo PCP, PEV e a associação Intervenção Democrática (ID), contabilizou o pior resultado em eleições legislativas.

A coligação perdeu seis dos 12 deputados que tinha desde as últimas legislativas, há dois anos, e "Os Verdes" perderam a representação na Assembleia da República.

João Oliveira (Évora), que era o líder parlamentar desde 2013, António Filipe (Santarém), Duarte Alves (Lisboa) e Ana Mesquita (Porto) falharam a reeleição.

Durante a próxima legislatura, a bancada comunista vai ser composta por Jerónimo de Sousa e Alma Rivera (Lisboa), Paula Santos e Bruno Dias (Setúbal), Diana Ferreira (Porto) e João Dias (Beja).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG