Jardim subscreve críticas de Cavaco a Sócrates

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, disse hoje subscrever a crítica do Presidente da República, Cavaco Silva, que acusou o ex-primeiro-ministro, José Sócrates, de "falta de lealdade institucional".

"Subscrevo tudo o que disse o Senhor Presidente da República", declarou Alberto João Jardim à margem de uma inauguração na Ponta do Sol.

O líder do executivo madeirense realçou não estar admirado com as críticas do Presidente da República: "O que o professor Cavaco Silva disse é evidente, toda a gente sabe o estado em que Portugal ficou".

Confrontado com os comentários suscitados pelo deputado e ex-ministro da presidência do Governo de José Sócrates, Pedro Silva Pereira, que não reconheceu "autoridade moral" ao chefe de Estado para falar de lealdade, rematou: "o senhor deputado Pedro Silva Pereira foi um dos ministros que faltou com a sua palavra para comigo, portanto, não lhe reconheço autoridade para criticar o senhor Presidente da República".

"Fazia parte do mesmo 'gang'", concluiu.

No prefácio do livro "Roteiros VI", que reúne as suas principais intervenções públicas, Cavaco Silva teceu várias considerações sobre a postura de Sócrates, criticando não ter sido "previamente informado sobre o conteúdo ou sequer da existência do 'PEC IV'" e ter ficado assim "impedido de exercer a sua magistratura de influência com vista a evitar o deflagrar de uma crise política".

"Tratou-se de uma falta de lealdade institucional que ficará registada na história da nossa democracia. O Presidente da República, nos termos constitucionais, deve ser informado acerca de assuntos respeitantes à condução da política interna e externa do País", acusou o Chefe de Estado.

O Presidente do Governo Regional da Madeira inaugurou hoje na freguesia e concelho da Ponta do Sol, o Caminho Municipal ao sítio da Aberta - Adegas.

O Caminho Municipal ao sítio da Aberta - Adegas tem uma extensão aproximada de 630 metros e uma largura de faixa de rodagem de quatro metros.

A obra, da responsabilidade da Câmara Municipal da Ponta do Sol, representa um investimento global de, aproximadamente, 445 mil euros, o qual conta com apoios do Governo Regional e da União Europeia, através do PRODERAM (Programa de Desenvolvimento Regional).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG