Isabel Moreira (PS) contra candidatura de Guterres

"Uma pessoa de esquerda pode apoiar Guterres? Eu penso que não", considerou hoje a deputada socialista Isabel Moreira, uma das principais ativistas no Parlamento das causas LGBT (Lésbicas, Gay, Bissexuais e Transgénero).

Escrevendo na sua página no Facebook, Isabel Moreira afirmou: "Não tenho Guterres como um bom candidato presidencial apoiado pelo PS, no seio do qual alguns sublinham o 'enorme prestígio internacional' do putativo candidato."

"Eu sou socialista. De esquerda, portanto . Não me esqueço de anos de dignidade das mulheres adiada à conta do acordo que Guterres fez com a direita que substituiu uma votação vitoriosa na AR por um referendo [em 1998] tristemente fatal e irreversível para muitas mulheres", justificou.

Acrescentando: "Não esqueço a resistência de Guterres a direitos básicos de homossexuais."

Nos comentários à nota de Isabel Moreira, um outro deputado socialista, Filipe Neto Brandão, desabafou: "Isabel, com franqueza, a menos que não consideres o PS um partido de esquerda, a pergunta que colocas não faz sentido nenhum. É evidente que uma pessoa de esquerda pode apoiar o ex-secretário-geral do PS. E se vier a ser candidato - questão que é ainda extemporânea - eu diria até que não só pode como deve."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG