Socialistas "muito preocupados" com ameaça de Passos

O PS está "muito preocupado" com o facto de Passos Coelho ter admitido um novo aumento de impostos, se o Tribunal Constitucional chumbar as normas que tem entre mãos do Orçamento do Estado e do Retificativo.

Falando aos jornalistas no Parlamento, o deputado socialista Pedro Marques recordou que, em 2013, quando o TC declarou então inconstitucionais normas do OE desse ano, o Governo não substituiu essas medidas por aumentos de impostos - e "os resultados na economia e no défice foram melhores".

Agora, em 2014, o Governo insiste na receita do aumento de impostos, da "austeridade", segundo o socialista. "À primeira decisão" dos juízes, que foi o chumbo da convergência de pensões, o Executivo "aumentou impostos sobre pensionistas e agora uma nova decisão que já se avizinha, o primeiro-ministro já promete novos impostos". "Assim não vamos lá", sentenciou Pedro Marques.

Ler mais

Exclusivos