Seguro tem "maturidade" para assumir o Governo

O presidente da Câmara de Braga, o socialista Mesquita Machado, afirma que o secretário-geral do PS, António José Seguro, tem "maturidade" para assumir a liderança do Governo e será um "excelente primeiro-ministro".

"Com certeza que sim. O António José Seguro tem muita maturidade e tem muita competência. Direi que tem muito para dar ao país e será um excelente primeiro-ministro", afirmou.

O autarca frisou que o "ar um tanto ao quanto ainda juvenil" de Seguro "não significa que não tenha maturidade".

Em entrevista à agência Lusa, o autarca - um dos mais antigos presidentes de câmara em exercício - afirmou que o poder local vive uma fase "muito negra" e apontou como "necessária" uma reforma da lei autárquica, mas "não a que o Governo está a preparar".

Para o autarca, a reforma administrativa do território recentemente promulgada pelo Presidente da República, com a redução do número de freguesias, foi um "capricho". Com o processo, considerou, o executivo "atacou" a "parte mais fraca" - as freguesias - por falta de coragem para "ir aos municípios".

Mesquita Machado disse ainda não ter compreendido os objetivos do Governo com a reforma administrativa, mas contrariou o argumento da poupança invocado, afirmando mesmo que "a despesa vai aumentar" e não ser reduzida.

"A eliminação de mais de 1.000 freguesias não vai levar a poupança nenhuma. Fazendo com que as freguesias tenham maior dimensão haverá necessidade de introduzir funcionários nessas freguesias para prestar os serviços e haverá autarcas que vão ter que trabalhar a tempo inteiro", justificou.

"A História irá julgar aqueles que cometeram este assassinato", acrescentou.

O autarca apontou que é necessário ter uma nova Lei de Finanças Locais e rever a Lei das Competências, nomeadamente "atribuir mais competências às freguesias para fazer mais descentralização ainda".

Ler mais

Exclusivos