Rui Tavares discute sábado criação de novo partido

O eurodeputado Rui Tavares promove no sábado em Lisboa uma reunião preparatória com interessados em criar aquilo que é definido como um "novo espaço de liberdade na esquerda" política e que pode originar um novo partido.

"É preciso fazer um debate sério sobre os partidos em Portugal e em particular à esquerda. Estou pessoalmente empenhado em formar um espaço de liberdade à esquerda e se chegar à conclusão que tal pode ser um partido, não devemos ter medo disso", disse Rui Tavares à agência Lusa.

O eurodeputado falava nas vésperas de um encontro num hotel em Lisboa com "diversos interessados" em refletir sobre a esquerda política e que responderam ao apelo lançado por Tavares numa recente entrevista ao Expresso.

Sem revelar quantas pessoas espera na reunião e de que quadrantes políticos e sociais, o eurodeputado eleito como independente pelo Bloco de Esquerda, e que posteriormente transitou para os Verdes europeus, assinala que o movimento que pretende desencadear não tem "obrigatoriamente" de se fazer notar já nas próximas europeias, agendadas para o próximo ano.

"A Europa é de facto questão central e muito fracamente debatida na política nacional. Precisamos de vencer o défice democrático nas questões europeias. As europeias, se os calendários eleitorais se mantiverem, deveriam ser encaradas como a pedra de toque de um programa alternativo para governar", disse, reclamando um entendimento à esquerda para o sufrágio europeu.

O regimento do Parlamento Europeu, frisa, permite aos eurodeputados eleitos escolherem os grupos políticos em que se iriam inserir no hemiciclo europeu, um dos motivos pelos quais deveria haver listas conjuntas nos partidos à esquerda, defende Rui Tavares.

Exclusivos