"PS não é a favor da extinção da ADSE"

Carlos Zorrinho desmente coordenador do partido para a Saúde, que defendeu fim de subsistema para funcionários públicos. Socialistas debatem Estado Social em Viseu.

O líder parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, negou hoje que o partido defenda o fim da ADSE, como afirmou o coordenador socialista para a Saúde, Álvaro Beleza, em entrevista ao Jornal de Notícias.

Em declarações aos jornalistas, em Viseu, logo depois da sessão de abertura das Jornadas Parlamentares do PS, Carlos Zorrinho veio "reafirmar que o Partido Socialista não é a favor da extinção da ADSE". Trata-se, de acordo com o líder da bancada rosa, da "opinião pessoal do coordenador".

Na referida entrevista, Álvaro Beleza, membro do secretariado nacional do PS, defende "claramente" o fim da ADSE. "É um sistema único na Europa e é injusto." Para o coordenador socialista, "os funcionários públicos têm acesso a cuidados de saúde privados e nem todos têm".

A entrevista, que faz manchete no Jornal de Notícias, acabou por provocar já a reação informal de deputados socialistas, em Viseu. Miguel Coelho, deputado, ex-líder da concelhia de Lisboa do PS, escreveu na sua página no Facebook: "Acordei com a notícia da posição do responsável do PS pela área da saúde, defendendo a extinção da ADSE. Mais um 'tiro no pé'..."

Também José Lello argumentou, no Facebook, contra o fim da ADSE recordando que "a maioria dos funcionários públicos são eleitores do PS".

Exclusivos