PS acusa Governo de "virar as costas" aos desempregados

O deputado do PS Miguel Laranjeiro acusou hoje o Governo de ter "virado as costas" aos trabalhadores e aos desempregados, questionando que "oportunidade" é que têm "quase um milhão" de desempregados.

"Esta devia ser uma prioridade do Governo, o combate ao desemprego, e não é. O Governo virou as costas aos trabalhadores, aos pequenos e médios empresários e virou também as costas aos desempregados", acusou.

De acordo com os números hoje divulgados pelo INE, a taxa de desemprego subiu para os 16,9% no quarto trimestre, face aos 15,8% observados no trimestre anterior, com o número de desempregados em Portugal a ultrapassar os 920 mil.

Na faixa etária entre os 15 e os 24 anos, a taxa de desemprego continua a subir e chegou no quarto trimestre aos 40%, afetando 165 mil pessoas.

Miguel Laranjeiro afirmou que, desde que tomou posse, o Governo PSD/CDS-PP "já destruiu 360 mil postos de trabalho" e que "todos os dias 670 portugueses vão para a situação de desemprego".

"Ainda nos recordamos das palavras do primeiro-ministro de que estar desempregado podia ser uma oportunidade. Qual é a oportunidade para quase um milhão de portugueses que está numa situação de desemprego?", questionou.

O deputado do PS considerou que o Governo demonstra uma "insensibilidade gritante" relativamente à "situação social mais grave e mais dramática" e defendeu uma "abordagem diferente da economia porque é a economia que cria emprego".

Ler mais

Exclusivos