Novo acordo com 'troika' retira mais poder aos sindicatos

Os socialistas já pediram explicações ao ministro da Economia sobre a desvalorização do papel dos sindicatos na negociação colectiva nas empresas. O deputado Miguel Laranjeiro afirma que o Executivo quer enfraquecer os sindicatos.

Paulo Pedroso, ex-ministro socialista, acusa o Governo de ter uma "agenda anti-sindical" e de ter escolhido a "via autoritária". O deputado comunista Miguel Tiago considera que o Governo se quer "desforrar do 25 de Abril". Já o líder da UGT, João Proença, afirma que foram abertas as portas ao "sindicato do patrão". Ou seja, fazer o que a troika defendeu, congelar os salários no privado.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Exclusivos