Nova secretária de Estado do Tesouro tomou posse

O Presidente da República deu hoje posse no Palácio de Belém à nova secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, na oitava alteração ao executivo de maioria PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho.

Isabel Castelo Branco assume a pasta da secretaria do Tesouro quase um mês depois do ex-secretário de Estado Joaquim Pais Jorge ter apresentado demissão do cargo, a 07 de agosto.

Com 46 anos, cumpridos a 31 de julho, Maria Isabel Cabral de Abreu Castelo Branco é licenciada em Economia, pela Universidade Nova de Lisboa e frequentou o programa de MBA da mesma instituição entre 1991 e 1992.

À cerimónia da tomada de posse, que se iniciou pouco depois das 17:00 e durou cerca de cinco minutos, assistiram seis ministros do Governo mais o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas.

Presentes estiveram a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, o ministro da Economia, António Pires de Lima, o ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, o ministro da Segurança Social, Pedro Mota Soares, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e o ministro da Presidência e Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes.

Alguns dos ausentes foram o ministro da Saúde, Paulo Macedo, a ministra da Justiça, Paula Teixeira de Cruz, e o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

No final da cerimónia, o Presidente da República e o primeiro-ministro cumprimentaram todos os membros do Governo presentes, entre os quais diversos secretários de Estado.

Isabel Castelo Branco, hoje empossada, iniciou a carreira como analista do BPI em 1989 e um ano depois tornou-se analista na área de empresas Sul da mesma instituição bancária.

Entre 1991 e 1995, Isabel Castelo Branco foi analista de 'research' na área de estudos económicos e financeiros do BPI, sendo posteriormente responsável de investimentos na área de gestão de ativos, administradora da BPI Fundos, BPI Vida e BPI Pensões, de acordo com o seu currículo.

Desde 2002 que era diretora financeira do BPI.

Além disso, em 2012 a nova secretária de Estado era membro do Comité de Riscos da OMIClear, depois de em 2011 ter sido membro não executivo do Conselho de Administração da COSEC.

A 07 de agosto, pouco mais de um mês de ter assumido a pasta de secretário de Estado do Tesouro, Joaquim Pais Jorge apresentou demissão do cargo, na sequência da polémica que envolveu o caso 'swap'.

Pais Jorge tinha tomado posse a 02 de julho, no mesmo dia em que Maria Luís Albuquerque, até então secretária de Estado do Tesouro, assumiu a pasta de ministra de Estado e das Finanças, em substituição de Vítor Gaspar, que se tinha demitido no dia anterior.

O XIX Governo Constitucional é atualmente composto por 56 membros, que incluem o primeiro-ministro, 14 ministros e 42 secretários de Estado.

Em 2011, quando formou o Governo, Pedro Passos Coelho tinha ao seu lado no executivo 11 ministros e 36 secretários de Estado, num total de 48 membros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

No PSD não há inocentes

Há coisas na vida que custam a ultrapassar. A morte de alguém que nos é querido. Uma separação que nos parece contranatura. Ou uma adição que nos atirou ao charco e da qual demoramos a recuperar. Ao PSD parece terem acontecido as três coisas em simultâneo: a morte - prematura para os sociais democratas - de um governo, imposta pela esquerda; a separação forçada de Pedro Passos Coelho; e uma adição pelo poder que dá a pior das ressacas em política.