Marques Guedes chama CDS "principal partido da oposição"

Luís Marques Guedes defendia hoje que não existem divergências entre os partidos do Governo quando teve um lapso e disse que Paulo Portas era o "líder do principal partido da oposição".

Em declarações no final de uma visita às obras de melhoramento do Estádio Nacional, em Oeiras, Marques Guedes defendeu que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, tiveram sempre a mesma posição sobre a contribuição de sustentabilidade, mas que a comunicação social tem sido envolvida "em algumas tricas" que geram "especulação".

Durante a declaração, o ministro chamou, por lapso, o presidente do CDS-PP, Paulo Portas, de "líder do principal partido da oposição".

"Eu acho que há aqui uma mistificação muito grande por parte de alguma comunicação social em torno desta matéria, a posição do Governo desde o princípio tem sido a mesma, conforme foi dito quer pelo senhor primeiro-ministro, quer pelo líder do principal partido da oposição e que faz parte da coligação de Governo, doutor Paulo Portas, nas comunicações que fizeram já há uns dez dias atrás", sustentou.