João Soares diz que opinião do pai é "um disparate"

João Soares disse esta sexta-feira à noite que o artigo de opinião escrito pelo pai, no qual apoia António Costa e arrasa António José Seguro, é "um disparate". Crítica que faz "com toda a ternura", diz.

"Eu queria com toda a ternura dizer que não me revejo de maneira nenhuma naquele artigo que o meu pai escreveu hoje e que acho aquilo um disparate tão grande como aquilo que o António Costa está a fazer, que é uma coisa que faz mal ao partido", disse João Soares na TVI 24.

Para o socialista, a situação que se vive no PS, provocada por António Costa, "disfarça aquilo que foi uma derrota clara da direita nestas eleições europeias".

No artigo de opinião que escreveu no jornal Público, Mário Soares escreveu que "António Costa é uma nova esperança" que fará esquecer "as hesitações do passado" e a "preocupante indiferença" dos portugueses face ao "partido de Seguro".

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.