Jardim em reflexão só fala no discurso de posse

O presidente do Governo Regional da Madeira afirmou hoje que se mantém em reflexão e só vai falar no discurso de posse do novo Executivo, que deverá acontecer a 9 de Novembro.

O líder madeirense regressou esta noite à Madeira depois de ter participado, segundo declarou, "em reuniões do Conselho da Europa, em Estrasburgo".

"O Governo [Regional] está em gestão e eu só falo no dia do discurso de posse", disse Jardim aos jornalistas, adiantando que a cerimónia deverá acontecer a 9 de Novembro.

Quando instado a dirigir uma palavra aos madeirenses que estão expetantes face à sua postura de silêncio, o governante regional frisou: "vão saber qualquer coisa quando fizer o discurso de posse, até lá estou em reflexão".

Alberto João Jardim garantiu ainda que marcará presença na reunião do próximo Conselho de Estado, convocado pelo Presidente da República para 25 de Outubro, que tem como ponto único da agenda o tema "Portugal no contexto da crise da Zona Euro".

Desde que o PSD-M venceu a 9 de Outubro as eleições legislativas regionais, obtendo a décima maioria absoluta, Jardim tem estado ausente da região e optou por manter o silêncio, dizendo estar "em reflexão", sendo ainda desconhecido o elenco do XI Governo Regional da Madeira.

O Representante da República vai reunir nas próximas quinta e sexta-feira com os representantes dos partidos que têm assento na Assembleia Legislativa da Madeira (ALM) devendo depois convidar a força política mais votada a formar Governo.

Segundo a lei, a ALM deve reunir 15 dias após a publicação dos resultados eleitorais, dando depois posse ao novo Executivo Regional.

Nas últimas eleições legislativas, o PSD-M conseguiu eleger 25 deputados, o CDS passou a segunda força política, aumentando de dois para nove deputados o seu grupo parlamentar, enquanto o PS ficou com seis representantes, o PTP três, a CDU, MPT, PND e PAN estão representados por um deputado cada.