Inspeção à Lusófona "nos próximos dias"

A Inspeção-Geral de Educação e Ciência vai fazer uma auditoria "nos próximos dias" à Universidade Lusófona, envolvida na polémica da licenciatura do ministro Miguel Relvas, disse à agência Lusa uma fonte governamental.

As inspeções às universidades são regulares e esta será feita "rapidamente, nos próximos dias", acrescentou a mesma fonte.

Já na sexta-feira, o Ministério da Educação admitiu a realização, "em breve", de uma auditoria à Universidade Lusófona, por parte da Inspeção-Geral da Educação.

O caso da licenciatura de Miguel Relvas começou a dar polémica há cerca de duas semanas por causa do número de equivalências que obteve na Universidade Lusófona.

De acordo com o processo do aluno que a Lusófona disponibilizou para consulta, foram atribuídos 160 créditos ao aluno Miguel Relvas no ano letivo 2006/2007.

Com as equivalências atribuídas pela Universidade, Relvas apenas teve de fazer quatro disciplinas semestrais.

A Procuradoria-Geral da República revelou sexta-feira que está a analisar todas as notícias sobre a Universidade Lusófona, a propósito deste caso.