Exonerados conselheiros que assinaram manifesto

O Presidente da República exonerou esta quarta-feira os seus dois conselheiros, Vítor Martins e Sevinate Pinto, que assinaram o manifesto a apelar à reestruturação da dívida, segundo o Expresso online.

Segundo o mesmo jornal, a exoneração foi feita a pedido dos próprios e o despacho foi assinado ainda hoje. Os dois conselheiros não deram conhecimento prévio da sua iniciativa a Cavaco Silva.

Com esta exoneração, o PR demarca-se do manifesto ontem tornado público e que foi subscrito por 70 personalidades da direita à esquerda do espectro político português.

Entre os subscritores do documento constam Sevinate Pinto, conselheiro de Belém para a Agricultura, e Vítor Martins para os Assuntos Europeus.

Ao exonerar os dois conselheiros, o Presidente da República mostra que não quer ficar associado às vozes que pedem a reestruturação da dívida portuguesa. Tanto mais que em outubro do ano passado Cavaco tinha dito que "falar da reestruturação da dívida é masoquismo".

Ler mais

Exclusivos