"Está na hora" de gritar contra o Governo

Dezenas de milhares de pessoas desceram esta tarde a Avenida da Liberdade, em Lisboa, no tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril que terminou no Rossio com um militar de Abril a afirmar que "está na hora" de se ouvir "um sonoro grito de alerta" contra o Governo.

"Está na hora" de ser dado "um sonoro grito de alerta que provoque um sobressalto coletivo e a mobilização popular" para se procurarem outros "caminhos e soluções" distintas das do Executivo PSD/CDS, afirmou o coronel Aprígio Ramalho, vice-presidente da Associação 25 de Abril (A25A).

No discurso com que encerrou o desfile, o capitão de Abril sustentou que o Governo "perdeu a legitimidade ética, moral e cívica para o exercício de funções que formalmente ainda detém", afirmou esta tarde o coronel Aprígio Ramalho.

Ler mais

Exclusivos