É bom que Eurogrupo flexibilize pagamento antecipado

Paulo Rangel defendeu esta quinta-feira à tarde que o Eurogrupo não deve "vedar" a possibilidade de "haver um pagamento antecipado" da dívida portuguesa, "se significar um bem para o País".

Falando aos jornalistas, à margem da Universidade de Verão do PSD - depois de ter falado para uma centena de jovens numa sessão que decorreu à porta fechada - o deputado social-democrata no Parlamento Europeu defendeu que não devem ser colocados entraves aos países se estes se "conseguirem financiar a juros menores daqueles que tinham [com os] empréstimos das 'troikas'".

O Eurogrupo reúne-se na próxima semana para discutir a possibilidade de os países poderem antecipar o pagamento de empréstimos dos seus resgates financeiros.

Rangel insistiu que o "Eurogrupo deve flexibilizar e criar a possibilidade de haver um pagamento antecipado, se significar um bem para o país" que esteve sob resgate.

Ler mais

Exclusivos