Duque de Bragança cidadão timorense

O duque de Bragança recebeu hoje a nacionalidade timorense atribuída pelo presidente do parlamento de Timor-Leste, Fernando La Sama Araújo, tendo depois sido condecorado com a Ordem Mérito pelo chefe de Estado do país, José Ramos-Horta.

"É um gesto de grande simpatia e que muito me alegra e honra da parte do parlamento timorense, que eu acho que ultrapassa uma relação pessoal e que tem a ver de algum modo com a ligação entre Portugal e Timor", disse no final da cerimónia de entrega da nacionalidade.

A cerimónia decorreu no gabinete do presidente do parlamento timorense.

De seguida, Duarte Pio de Bragança deslocou-se para o Palácio Presidencial onde foi condecorado com a Ordem de Mérito pelo chefe de Estado timorense, a primeira que recebe de um governo.

A Ordem de Mérito pretende demonstrar o reconhecimento de Timor-Leste às pessoas que contribuíram para a causa timorense.

O duque de Bragança "dedicou uma grande parte da sua vida a defender a causa da justiça, da liberdade do povo timorense", afirmou José Ramos-Horta, agradecendo o apoio dado aos timorenses deslocados em Lisboa.

O chefe de Estado timorense destacou também que continua a contar com o Duque de Bragança como "embaixador itinerante, da boa vontade de Timor-Leste" em Portugal e em todos os países.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.