Duarte Freitas eleito presidente do PSD/Açores

O líder parlamentar do PSD/Açores, Duarte Freitas, foi eleito terça-feira como presidente regional do partido, com 92,6%, cargo que encara como "uma enorme responsabilidade" e para o qual assegurou estar "entusiasmado e motivado".

"Encaro esta eleição como uma enorme responsabilidade para fazer face aos desafios e projetos que o PSD tem", afirmou Duarte Freitas, em declarações à agência Lusa, acrescentando que, apesar de "não ser um sonho antigo", está "entusiasmado e motivado para fazer o que é necessário fazer para reestruturar, reformar e renovar".

Dos 10.000 militantes do PSD/Açores em condições de votar nas eleições diretas desta terça-feira, em que Duarte Freitas era candidato único à liderança do partido, apenas 1.513 militantes exerceram o seu direito de voto, nas nove ilhas açorianas.

Para Duarte Freitas os social-democratas açorianos demonstraram "grande vitalidade", tendo o partido saído enriquecido deste processo eleitoral, que resultou da demissão de Berta Cabral no final de outubro, na sequência da derrota sofrida nas últimas eleições regionais, que o PS venceu com maioria absoluta.

"Eu, como líder do partido, conto com todos para o trabalho que temos de iniciar, para os desafios que temos pela frente", afirmou Duarte Freitas, assegurando que "o PSD não faltará com propostas e soluções e não se vai distrair do essencial que é, neste caso, ajudar as famílias e as empresas da região".

Natural da ilha do Pico, por onde foi cabeça de lista nas últimas eleições regionais de 14 de outubro, Duarte Freitas preside também ao Gabinete de Estudos do PSD/Açores, cargo que assumiu depois de ter sido deputado no Parlamento Europeu durante cinco anos.

Duarte Freitas, que votou no Pico, já assumiu que quer "recriar o enlace do partido com os açorianos" e que não será mais um líder a prazo, vincando que o seu projeto é de longo prazo.

As eleições directas do PSD/Açores foram também eleitas as Comissões Políticas de Ilha de São Miguel, Terceira, Faial, Santa Maria, Corvo e Pico e as Comissões Políticas concelhias de Ponta Delgada, Lagoa, Ribeira Grande, Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Madalena e Lajes do Pico.

No caso da liderança da Comissão Politica de Ilha de São Miguel (CPI), disputada por três candidatos, foi ganha por Luís Maurício, antigo vice-presidente da liderança de Berta Cabral.

O objetivo da candidatura de Luís Maurício, que obteve 54,4% dos votos, era "aproximar os militantes e congregar o partido".

Nestas eleições diretas, os militantes do PSD/Açores escolheram, também, os delegados ao XX Congresso Regional, que vai decorrer nos dias 11, 12 e 13 de janeiro em Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel.

O novo presidente do PSD/Açores revelou que até janeiro, o seu principal trabalho será preparar a reunião magna dos sociais-democratas açorianos.

Ler mais

Exclusivos