Danke schön, Barroso. Merkel homenageia Durão em Berlim

Chanceler alemã vai prestar homenagem a Durão Barroso pelo trabalho desenvolvido em "tempos difíceis" à frente da Comissão Europeia. Desde que abandonou o cargo em outubro, Barroso já tinha sido condecorado por Belém

Angela Merkel vai homenagear Durão Barroso na próxima segunda-feira em Berlim. A chanceler alemã decidiu ter este gesto para com o antigo presidente da Comissão Europeia como "reconhecimento pelo trabalho em tempos difíceis que atravessou em Bruxelas", contou ao DN fonte próxima do processo.

A união Merkel-Barroso não foi um casamento perfeito, mas esteve perto disso. Os dois líderes políticos estiveram juntos na pobreza e na austeridade, no desemprego e no crescimento da Europa, até que o fim do mandato de Durão, em outubro de 2014, os separou.

Leia mais na edição impressa ou em DN e-paper.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Foi Centeno quem fez descer os juros?

Há dias a agência de notação Standard & Poor's (S&P) subiu o rating de Portugal, levando os juros sobre a dívida pública para os níveis mais baixos de sempre. No mesmo dia, o ministro das Finanças realçava o impacto que as melhorias do rating da República têm vindo a ter nas contas públicas nacionais. A reacção rápida de Centeno teve o propósito óbvio de associar a subida do rating e a descida dos juros às opções de finanças públicas do seu governo. Será justo fazê-lo?