Cobertura das campanhas vai ter mínimos obrigatórios

Maioria e PS chegam a acordo para rever a lei que impediu, entre outras coisas, debates televisivos nas eleições autárquicas de 2013 e nas europeias do ano passado.

A maioria PSD-CDS e o PS já chegaram a acordo para a revisão da lei do tratamento jornalístico das campanhas eleitorais. O DN sabe que o diploma já está fechado e inclui uma diferenciação clara entre o período pré-eleitoral e o período eleitoral.

De acordo com o que o DN apurou, o período eleitoral vai incluir a fase de pré-campanha e a de campanha e aí os meios de comunicação terão de cumprir "mínimos" de equidade no tratamento das candidaturas dos partidos com assento parlamentar. Essa premissa não exclui, contudo, que, caso os órgãos de comunicação social entendam, possam dar igual relevância a outras forças políticas que não estejam representadas na Assembleia da República.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Exclusivos