"Campanhas sujas e de casos só nos fazem mal"

Em entrevista ao DN, António Leitão Amaro, secretário de Estado da Administração Local, critica o aproveitamento de casos como a prisão de José Sócrates ou as dívidas de Passos Coelho à Segurança Social.

De caminho, o elemento mais novo do governo de Pedro Passos Coelho diz que o PSD pode vencer as legislativas sem o CDS mas confessa que prefere que os dois partidos vão de mãos dadas às legislativas. "Para mim, faz todo o sentido que esta viagem continue", frisa Leitão Amaro.

Sobre o processo de descentralização, através da delegação de competências às autarquias, sublinha que "não falhou nada", uma vez que entre os projetos-piloto na área da Educação estão representados dez por cento dos alunos (e dos habitantes) do país e ainda municípios de várias cores políticas e lança o repto a António Costa em relação aos transportes: apresente uma proposta concreta.

Já sobre o colapso do Banco Espírito Santo (BES) e do Grupo Espírito Santo (GES), salienta que as declarações de Carlos César, presidente do PS, de que o partido compensará todos os lesados quando chegar ao governo é contundente: "Uma imprevidência que só nos faz ter medo do que pode ser o PS."

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos