Bloco de Esquerda saúda "vitória da democracia" conquistada pelo Syriza

Catarina Martins reconheceu que "o caminho não vai ser fácil", mas insistiu no que representa este "virar de página na Europa"

A porta-voz do BE, Catarina Martins, saudou hoje a vitória expressiva do Syriza, considerando que se tratou da "vitória da dignidade contra a austeridade" e da "democracia contra a chantagem".

"A vitória do Syriza hoje na Grécia, esta vitória tão expressiva, é a vitória da dignidade contra a austeridade, é a vitória da democracia contra a chantagem", afirmou Catarina Martins, numa declaração na sede do BE em Lisboa, onde esta noite cerca de meia centena de 'bloquistas' acompanham a noite eleitoral grega.

Sublinhando que o Syriza é um "partido irmão", a porta-voz do BE adiantou que, em nome do BE, já enviou uma mensagem ao líder do partido anti-austeridade, Alexis Tsipras, felicitando-o por ter alcançado esta "vitória da democracia".

"Os gregos deram esta lição de democracia à Europa ao escolher a alternativa, ao dizerem em alto e bom som que querem que se reestruture a dívida soberana da Grécia para que a Grécia tenha os recursos para criar emprego, para ter salário, para ter dignidade", frisou.

Catarina Martins reconheceu que "o caminho não vai ser fácil", mas insistiu no que representa este "virar de página na Europa", considerando que "é o princípio do fim da austeridade".

Para Portugal, continuou, o desafio agora é fazer com que o Governo e todos os partidos esclareçam de que lado vão estar: "se do lado do primeiro Governo da Europa que quer a reestruturação das dívidas soberanas de todos os países do sul" ou se "querem continuar numa política de submissão a Angela Merkel, de submissão aos mercados financeiros, a destruir a Europa".

Questionada sobre as semelhanças entre Portugal e a Grécia, a porta-voz do BE disse que, apesar de serem países diferentes e terem realidades políticas diferentes, têm em comum anos de imposição da austeridade.

"Portugal como a Grécia tem de ter política diferente, precisamos mesmo de mudar de vida", sublinhou.

O partido anti-austeridade Syriza venceu as legislativas de hoje na Grécia com mais de seis pontos percentuais de vantagem sobre a direita da Nova Democracia.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Política
Pub
Pub