Ana Gomes propõe Maria de Belém para candidata presidencial

Ana Gomes foi esta noite, numa reunião da Comissão Política Nacional do PS , a única dirigente socialista a falar das eleições presidenciais.

A eurodeputada socialista propôs o apoio do PS a uma candidatura presidencial de Maria de Belém. Surpreendidos, os restantes dirigentes preferiram não comentar a ideia.

No consulado de António José Seguro como secretário-geral do PS, Maria de Belém foi presidente do partido. Deixou a função no último congresso, sendo substituída por Carlos César. No primeiro governo de António Guterres (1995-1999) foi ministra da Saúde.

A Comissão Política do PS aprovou, por unanimidade, o regulamento do novo Gabinete de Estudos do partido, entidade que preparará o programa eleitoral socialista, que pretende assumir-se como alternativa ao modelo político do atual executivo.

Em declarações aos jornalistas, o diretor deste novo organismo socialista, o ex-secretário de Estado João Tiago Silveira, disse que o programa eleitoral do seu partido terá como preocupação central "informar e ajudar as pessoas a perceber a diferença" entre a proposta dos socialistas e a governação PSD/CDS.

"O Governo PSD/CDS apostou num modelo de baixos salários para aumentar a competitividade do país, mas falhou na competitividade e no equilíbrio das contas públicas. Pelo contrário, o PS aposta em ir à raiz dos problemas, à qualificação das pessoas e ao aproveitamento dos recursos, tendo em vista fazer crescer a economia e ao mesmo tempo equilibrar as contas públicas", defendeu o ex-secretário de Estado da Presidência.

Exclusivos