Indignados propõem greve europeia e criticam Cavaco

Os indignados que se manifestam hoje em Lisboa vão aprovar uma moção que apela à realização de uma greve geral europeia contra as políticas de austeridade.

O documento preparado pela Plataforma 15 de Outubro tem cinco pontos e vai a votos no fim da manifestação em frente da Assembleia da República.

Algumas das pessoas que participaram no protesto exibiram cartazes a criticar o Presidente da República, Cavaco Silva, que na véspera afirmou que a sua reforma não lhe chegava para pagar as despesas.

Os manifestantes propõem a organização de um encontro nacional de movimentos sociais de esquerda e rejeitam a privatização das empresas de fornecimento de água.

A moção expressa solidariedade com manifestação marcada pela CGTP para 11 de Fevereiro e todos os outros protestos contra a austeridade e pede a convocação de uma greve geral em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG