"Indícios" de ligações à Maçonaria podem afetar credibilidade

O relatório apresentado pelo PSD sobre as alegadas irregularidades no funcionamento dos serviços secretos concluiu pela existência de "indícios e suspeitas" do envolvimento de dirigentes daqueles serviços a "grupos de pressão" ou "sociedades secretas, nomeadamente ramos da Maçonaria".

"Os indícios e suspeitas do envolvimento de titulares de lugares de chefia e de direção dos serviços de informação com grupos de pressão pretensamente instalados na sociedade portuguesa ou a sociedades secretas, nomeadamente ramos da Maçonaria, potenciam afetar a credibilidade e o prestigio dos serviços de informações", conclui o relatório.

Os relatórios dos diversos partidos foram hoje divulgados no sítio da internet da comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, tal como foi anunciado pelo seu presidente, Fernando Negrão (PSD), na quarta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG