Governo privatiza estaleiros de Viana a 100%

A privatização total dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) deverá estar concluída até Julho, face aos calendários do processo que o Governo divulga esta segunda-feira, soube o DN.

Fonte ligada ao processo disse que haverá um prazo de "dois meses" para análise das propostas - para já uma portuguesa, uma russa e uma chinesa - e anúncio da decisão, depois de passado "um mês e meio" para os candidatos fecharem os dossiers.A confirmarem-se esses prazos, o processo - que passa pela alienação total do capital dos ENVC, embora "não esteja fechada a porta" a uma privatização parcial e nos moldes em que foi feita a da OGMA, frisou uma fonte - estará concluído em meados de Julho. O anúncio surge na véspera da audição parlamentar do ex-administrador da Empordef (holding das indústrias de Defesa) Luís Miguel Novais, com fortes críticas à "inércia" da administração dos ENVC em tomar decisões, e dos presidentes da Empordef e dos estaleiros.Na quarta-feira será a audição do ministro da Defesa, que esta segunda-feira participa na cerimónia de condecoração do Regimento de Infantaria de Viseu, pelo primeiro-ministro (por delegação do Presidente da República), com a Ordem Militar de Avis. O DN soube ainda que esta tarde haverá uma reunião no Ministério da Defesa para informar a Comissão de Trabalhadores dos ENVC sobre o processo, o qual chegou a prever a cedência dos estaleiros para exploração por terceiros sem haver alienação (solução entretanto afastada).A privatização dos ENVC passa agora para a responsabilidade do Ministério das Finanças, depois de o Ministério da Defesa ter conduzido o processo desde o Verão passado, quando suspendeu a proposta de reestruturação anunciada pela anterior administração e que envolvia o despedimento de centenas de trabalhadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG