"Governo ficou incomodado" com propostas do PS

Comício no Porto entusiasma socialistas, com líder do PS a acusar Executivo de Passos de "continuar a esconder" o que acordou com FMI, por oposição ao partido que "colocou à disposição" dos portugueses os 80 compromissos.

Foi um comício de casa cheia no Porto, confinado ao centro da Praça D. João I, mas caloroso como a tarde soalheira deste domingo, que entusiasmou os socialistas e onde António José Seguro puxou dos galões da Convenção Novo Rumo, que o PS realizou no sábado e em que foi divulgado o Contrato de Confiança, "um programa de Governo" socialista, como o classificou o secretário-geral do partido.

Depois de Passos Coelho ter deixado uma farpa a essas promessas, ao recordar que o PS está comprometido com o Tratado Orçamental (que impõe 2,5% de défice para 2015), Seguro apontou o "incómodo" do primeiro-ministro.

"O Governo", apontou, "que andou três anos a chumbar todas as propostas do PS, perante a nossa divulgação de um programa, ficou incomodado por perceber que há uma alternativa. Mas ficou ainda mais incomodado porque nós colocámos as nossas propostas com coragem à disposição dos portugueses, enquanto eles continuam com propostas escondidas prevendo mais cortes e mais despedimentos", atirou.

Por comparação, o Executivo de Passos "continua a esconder" a carta de intenções, que acordou com o FMI.

Já antes, o cabeça de lista Francisco Assis disse ser "inadmissível" que a "Comissão Europeia trate o Estado português como tratou há dois dias", quando Bruxelas ameaçou com um segundo resgate se Portugal não cumprir o défice previsto de 2,5%, como noticiou o DN.

Assis apontou o dedo a um Governo "que não se soube dar ao respeito", permitindo que a Comissão Europeia "se relacione connosco sob a forma de chantagem".

Os bombos de Caíde de Rei, Amarante ou Baião, os zés pereiras de Valongo ou o rancho infantil de Matosinhos animaram um comício de uma caravana que, até agora, só por uma vez tinha contado com animação musical.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG