Franquelim é "um problema político" para o Governo

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que Franquelim Alves, novo secretário de Estado do Empreendedorismo que foi administrador da Sociedade Lusa de Negócios, "é um problema político" para o Governo, que não consegue controlar o desenrolar do caso BPN.

Na TVI, o comentador político considerou "desastrosa" a defesa que o Governo fez do secretário de Estado. "Ele não foi um malfeitor [do BPN], mas transformá-lo em herói não cola com a realidade", disse.

Marcelo referia-se ao facto do ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, ter ostentado no Parlamento uma carta que disse ter sido de denúncia do caso BPN ao Banco de Portugal assinada por Franquelim Alves, quando essa missiva foi apenas rubricada por ele.

Já a defesa que o ministro Miguel Relvas também fez do secretário de Estado mereceu a censura do antigo líder do PSD: "Miguel Relvas a avalizar é Miguel Relvas a enterrar".

Enquanto durar o caso BPN, Marcelo considera que "o governo não se devia sujeitar ao risco de ter problemas".