Francisco Louçã diz que crise é "problema sistémico"

Francisco Louçã diz que a crise no Grupo Espírito Santo "já é um problema sistémico" e reforçou a necessidade de reestruturar a dívida para travar o aumento do endividamento.

O ex-líder do BE falou esta quinta-feira após a apresentação do programa sustentável para a reestruturação da dívida portuguesa de que são também autores os economistas Ricardo Cabral, Eugénia Pires e Pedro Nuno Santos.

"Já temos um problema sistémico, há um castelo de cartas do qual se tirou uma peça e que está a cair. Agora é necessário reestruturar a dívida para travar a continuação da subida da dívida".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG