Foi Sócrates que conduziu Portugal para a "tragédia"

Antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Diogo Freitas do Amaral, diz que foi José Sócrates que conduziu Portugal para a "tragédia", critica os antigos líderes do PSD e o Presidente da República.

Freitas do Amaral reagiu ontem, na SIC Notícias, às declarações feitas pelo ex-primeiro-ministro José Sócrates, referentes ao pagamento da dívida pública.

Para o antigo ministro de Sócrates, as declarações do ex-primeiro-ministro explicam "porque é que afinal a bomba lhe rebentou nas mãos e ele nos conduziu para a tragédia que nos encontramos"

Na entrevista à SIC Notícias, Freitas do Amaral criticou também os antigos líderes do PSD que estão a criticar o actual Governo, tudo devido ao " desejo excessivo de protagonismo".

Cavaco Silva também não escapou às criticas do ex-ministro, já que quebrou a sua palavra, ao ter comentado o último Orçamento do Estado, quando este ainda estava a ser discutido na Assembleia da República.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG