Fernando Nobre assume ser maçom

O responsável pela Assistência Médica Internacional (AMI) apela aos outros maçons para que se assumam.

Fernando Nobre entrou para a maçonaria "depois dos 50 anos", a seguir à eleição de António Arnaut como grão-mestre, mas admite "estar adormecido". Numa entrevista à SIC Notícias, o presidente da AMI e ex-candidato presidencial garantiu não ir "à grande Loja do Oriente Lusitano há mais de dois anos". Tudo porque entendeu que "quando entrei nos meus combates políticos, não fazia sentido".

Fernando Nobre defendeu ainda que, tal como afirmou Arnaut, os membros das lojas maçónicas devem assumir-se como tal.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.