Ex-patrão de Passos afastado do programa eleitoral da coligação

O presidente do Instituto do Território continua no Gabinete de Estudos do PSD, mas não na comissão política nacional. Matos Correia é agora o responsável social-democrata pelo programa.

O presidente do Gabinete de Estudos do PSD, Rogério Gomes, foi afastado da elaboração do programa eleitoral da coligação. Após as notícias do DN sobre os ajustes diretos do Instituto do Território, a que preside, o social-democrata foi perdendo espaço no partido.

Rogério Gomes começou por deixar de ser o principal interlocutor dos grupos de trabalho, ficou fora da apresentação das linhas gerais e na última quinta-feira ficou a saber-se que não integra a recém--criada comissão política da coligação Portugal à Frente.

Os grupos de trabalho que elaboravam o programa começaram por ter Rogério Gomes como principal interlocutor, mas há três semanas - quando entregaram as propostas - foram informados de que deveriam também enviar os documentos ao vice-presidente do PSD, José Matos Correia.

Leia mais na edição impressa ou em DN e-paper.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG