Ex-secretário de Estado aconselhado a tirar gestão

Francisco Almeida Leite foi aconselhado pela Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública a frequentar a um curso de"formação complementar em gestão" para exercer as funções de vogal do Comissão Executiva da SOFID - Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento.

No parecer da Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CRESAP), divulgado pelo Expresso e pelo Sol, o ex-secretário de Estado da Cooperação e ex-jornalista do DN foi considerado "Adequado com Limitações".

No documento citado é referido que Francisco Almeida Leite não tem "conhecimento do sector bancário ou financeiro, ou mesmo das reais exigências com que as empresas se defrontam no mundo real e das dificuldades para tornar sustentáveis projetos de longo prazo".

A Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública, por essa razão, recomenda "vivamente a frequência de formação complementar em gestão, de nível académico, com obtenção de um grau num escola com reconhecida exigência formativa" considerando, no entanto, que a experiência no contexto de serviços de cooperação internacional adquirida no Instituto Camões "pode porventura ser útil no dialogo que a Sofid terá de continuar a manter com os países emergentes, em particular os PALOPS".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG