Equipa de Costa diz que Seguro é que não quer debate

A candidatura de António Costa considerou hoje "inaceitáveis" as acusações da equipa de António José Seguro sobre a falta de disponibilidade para o debate, lembrando que foi Seguro quem recusou a data apresentada pela comissão eleitoral.

A candidatura de António José Seguro às primárias do PS propôs hoje o dia 8 de setembro para a realização do primeiro debate, considerando que "da nova proposta apresentada, conclui-se que António Costa não tem disponibilidade para debater antes do dia 05 de setembro, recusando por isso as datas do dia 03 e do dia 04 de setembro, propostas na reunião de segunda-feira".

Em declarações à Lusa, Duarte Cordeiro, da direção da campanha de António Costa, considerou "inaceitável" a acusação feita pela candidatura adversária.

"É inaceitável que António José Seguro diga que nós não queremos debates. Quem não quer debates é António José Seguro. Nós aceitámos a proposta que nos foi feita pela comissão eleitoral. Quem não aceitou foi António Jose Seguro", sustentou.

O responsável socialista sublinhou ainda que a equipa de António Costa "fez um esforço para chegar a um entendimento" e aceitou a proposta da comissão eleitoral "em relação às datas e à duração".

Neste momento estão apenas acordadas as datas do segundo e terceiro debates, que se irão realizar nos dias 9 e 23 de setembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG