Entendimento sobre pós-troika seria melhor prenda no 25 de Abril

O presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, insistiu hoje num entendimento político alargado sobre o pós-'troika', alegando que essa seria a melhor prenda para os portugueses nos 40 anos da democracia.

"Essa era a melhor oferta que os partidos podiam fazer neste 25 de Abril", declarou Pedro Passos Coelho, no encerramento do XXXV Congresso Nacional do PSD.

Na sua intervenção, o chefe do executivo PSD/CDS-PP considerou que muitas matérias da reforma do Estado têm de avançar ainda nesta legislatura, que é preciso assegurar a capacidade de estabelecer compromissos na próxima legislatura e assinalou a necessidade de continuar a baixar o défice, acusando o PS de se escusar a apresentar as suas medidas para esse efeito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG