Em tempos de exigência, Presidente tem de ter estratégia meticulosa

O Presidente da República repetiu hoje que no atual período de "grande exigência" o chefe de Estado deve ter "uma estratégia meticulosamente pensada" e executada para defender os superiores interesses nacionais.

"Neste tempo de grande exigência e que vai continuar no futuro, um Presidente da República deve ter uma estratégia de intervenção meticulosamente pensada e meticulosamente executada de forma a defender os superiores interesses nacionais", afirmou o chefe de Estado, que nas últimas semanas tem repetido esta mensagem.

Por isso, acrescentou, é que tem insistido tanto na valorização e no estímulo da iniciativa privada, que são as "alavancas" para o crescimento e recuperação económicas e para a criação de emprego.

"As alavancas são as exportações, a aposta na qualidade, a penetração em novos mercados, o investimento, a captação de mais turistas e nós sabemos bem que essas alavancas estão na mão das empresas privadas", precisou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG